0 0
Read Time:2 Minute, 6 Second

Milênios de história e conflitos, e um assunto que até hoje e, principalmente nos tempos atuais, diante dos novos holofotes iluminando discussões atuais e diversas teorias, embalaram o diálogo aberto entre voluntários e professores da Conscienciologia com o estudioso em mundo árabe e professor, Leujene Mirhan. O professor é Sociólogo com Mestrado em Filosofia e especializado em Política Internacional. Autor de oito livros nas áreas da Sociologia Política Internacional, é também colunista sobre Oriente Médio do Portal Vermelho e da revista Sociologia, da Editora Escala.

O tema nunca deixou de ser interesse da humanidade, uma vez que todos esperam pela paz naquela região. No entanto, diante das novas movimentações que estão sendo feitas pelo mundo capitalista, Estados Unidos se preparando para ir à guerra, mais uma vez, a história de guerras e conflitos daquele povo, que remonta o século 1 da Era Cristã , quando judeus foram expulsos da Palestina pelos romanos e sempre, desde então, acalentam o sonho de voltar à “Terra Prometida”, volta às rodas de discussões, inclusive na comunidade Conscienciológica.

Prof. Leujene, que tem uma posição ateia, diz respeitar a história e os 10 mil deuses que estão catalogados nos livros da humanidade, mas não deixa de ficar intrigado com o fato de uma legião de pessoas se guiarem por “escrituras sagradas”, escritas pelas mãos de poucos homens, sem nenhuma prova documental técnica ou histórica. “Hebreus, judeus e israelenses; hoje, naquela região convivem juntas, 73 diferentes nacionalidades. Cada um e todos eles propagam que aquela terra lhes pertence com base em uma visão religiosa e esperam que um dia, ela será de apenas um povo”, comenta o professor, que complementa: “não há sequer um documento que indique que a terra é ou foi de apenas um daqueles povos. O Sionismo, o grande movimento político do judaísmo do final do século IX, que parte do princípio que a terra era deles, usou a força da religião para conquistar a Palestina”.

O tema é instigante e precisaria de muito mais tempo para serem levantadas todas as questões histórias, políticas e religiosas, que englobam todos os povos, todas as culturas e todas as teorias envolvidas. Para isso, a Comunidade Conscienciológica está preparando para o final de 2015, mais precisamente de 27 a 29 de novembro, o Fórum de Cultura Árabe, que apresentará um amplo debate sobre a cultura Árabe nos seus aspectos Político, Religioso, Parapsíquico e Histórico. Aguarde mais informações sobre esse fórum, mas já bloqueie a sua agenda para estar presente a mais esse evento.

DSC05109

DSC05110

 

Com Sheila Alli Gazzaoui

DSC05117

CB_assinatura_1

* Por Cyntia Braga.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Artigo anteriorSegundo Evento da Evolucin Alemanha / Zweite Veranstaltung von Evolucin Deutschland
Próximo artigoOpção Cosmoética do Perdão